Ajuda
Ajuda:Para realizar uma Busca no Guia São Vicente , digite a palavra chave referente ao que você procura. Ex.: se você busca hotéis, pousadas ou motéis em , digite: hoteis, pousadas, hotel, pousada, hospedagem, motel etc... Se você busca concessionárias em , digite: concessionária, revenda, carro, automóvel, veículos etc... Se você busca por restaurantes em , digite: restaurante, comida, delivery, kilo, disk, pizza etc... , Se busca por imobiliárias, digite: imobiliárias, imóveis, apartamentos, casas, kitnet ou entre no nosso banco de imóveis no menu abaixo.
>> Fechar

ANÚNCIOS GRÁTIS

ARTIGOS

Animais & PET
Guia São Vicente

A amputação da cauda

A CAUDA NOS CARNÍVOROS

Muitos mamíferos possuem no apêndice caudal um órgão suplementar de forma e estrutura muito diversas, que realiza funções complementares ao resto das extremidades ou, como no caso dos esquilos e de alguns primatas, de autêntico "balanço", que equilibra os movimentos e saltos destes animais. Na família dos canídeos a cauda costuma ser longa, robusta e bem coberta de pêlo, sendo um verdadeiro "semáforo" da comunicação intraespecífica. O cão, descendente mais ou menos direto do lobo, sofreu seleção genética por parte do homem, o que permite, na atualidade, contar com um elaborado número de raças aptas para diferentes funções: caça grossa, acosso, guarda, defesa, pastoreio, etc. Certas tarefas delegadas a raças caninas específicas em ambientes determinados exigem que os animais careçam de cauda, e, de fato, o cuidado dos criadores conseguiu que este apêndice se reduzisse ou falte em muitas variedades, mas em outras deve ser amputado poucos dias após o nascimento do filhote. Esta exigência, que muitas pessoas supõem mais estética que operativa, é absolutamente necessária. Conhecemos o caso de um bom caçador que adquiriu um braco cujo pedigree exigia o corte do apêndice caudal mas que, no entanto, considerou lógico não submeter o animalzinho à operação, pensando que era algo antinatural privá-lo de algo que a natureza tinha-lhe concedido, e, quando o cão cresceu e começou a caçar, as terríveis feridas que se produziram ao roçar a forte cauda nos arbustos exigiram a amputação a uma idade inadequada, com os problemas de cicatrização conseqüentes. Este exemplo pode ser extensivo a outras raças, que, pelo seu temperamento, utilização e características requerem esta pequena correção cirúrgica.

TÉCNICAS E MOMENTO DA AMPUTAÇÃO

Seja qualfor seja a raça que tenha de ser operada, esta intervenção será realizada sempre pelo veterinário correspondente, quando os cãezinhos contam unicamente com uns dias de idade. Desta forma, quase não sentem o trauma e a sua cicatrização não costuma trazer nenhuma dificuldade. A cauda "curta", segundo os pedigrees do dobermann, boxer, rottweiler ou schnauzer, por exemplo, se seciona entre a primeira e terceira vértebras, aproveitando a união entre qualquer uma delas. O médico rapa os pèlos da zona, em primeiro lugar, e aplica uma injeção de anestesia local. Com um bisturi afiado efetua uma incisão circular na carne uns milímetros por cima da união intervertebral com um corte seco, para separar a mesma. A secção da artéria pode produzir uma leve hemorragia, que se contém com um ponto de sutura. Desinfetada a ferida com um anti-séptico e fechando os bordes carnosos da mesma com um ponto, não costuma ser necessário colocar apósitos. Após a operação, os filhotes são devolvidos à mãe e somente deveremos vigiar o estado da cicatriz, que em poucos dias se fecha completamente. Efetuar nós mesmos esta simples amputação é um erro de conseqüências imprevisíveis, pois, no melhor dos casos, em que não se produzam danos irreversíveis aos animaizinhos, podemos deixar feridas que sempre mostrem o coto, como de fato se observa em vários exemplares. A técnica do cordel para estrangular a circulação sanguínea e o posterior "golpe de formão" deve ser abandonada, confiando sempre num cirurgião-veterinário em exercício.


Artigos Anteriores:

18/01/2009
51 Dicas de Como Manter seu Aquário

11/11/2008
COMO CUIDAR DE CÃES

09/09/2008
Enriquecendo o habitat

12/01/2008
Exoparasitose

10/01/2008
Desmamação de Gatos

09/01/2008
A velhice nos Felinos

08/01/2008
A COLEIRA DO GATO

07/01/2008
Educação doméstica dos Cães

06/01/2008
Cuidados do pêlo do cão

05/01/2008
COSMÉTICA CANINA

04/01/2008
UNHAS NOS CÃES

03/01/2008
A amputação da cauda

02/01/2008
A Velhice

01/01/2008
A DENTIÇÃO DO CÃO

29/06/2007
A correia: segurança e simbolismo

28/06/2007
A Comida do Cachorro

27/06/2007
A Coleira do Cão

26/06/2007
A Casa do Cachorro

25/06/2007
A Cama do Cachorro

Guia São Vicente - Seu Anúncio na Internet - Mapa do Site

Copyright© 2022 - Todos os Direitos Reservados - Parceiros

hotel | pousada | imoveis | informática | motel | diversao | bares | pizzaria | Aquário | cinema | turismo | clube | flores | cestas | estética | chopp | churrasco |


Tintas Veterinários Painéis, Letreiros, Luminosos Móveis Prontos & Móveis Usados Lanches & Lanchonetes Máquinas e Equipamentos p/ Restaurantes e Bares Embalagens & Artigos para Festas Boates, Casas Noturnas, Baladas Ferro e Aço Bombas e Motores Bolos, Doces e Salgados Pizzarias Oticas Celulares, Tablets, Smartphones Escolas de Idiomas Laticínios Psicologia Borracharias Aviculturas Cama, Mesa e Banho